quinta-feira, 16 de junho de 2016

Santo Errado.

Sempre recebemos perguntas do tipo, mas a que me chamou atenção foi esta. Aproveitei e dei uma estudada e achei uma resposta, preferi nem elaborar uma, achei esta perfeita.

Pergunta: Sou feita no santo a 4 anos e agora descobri que meu pai de santo me fez errado, fui jogar buzios com outro pai de santo e ele me disse que sou de Oyá e não de Oxum a qual fiz o santo, oque fazer ?

Resposta:
Minha amiga acho que está tudo errado mesmo....
"Quanto mais eu rezo mais assombração me aparece". Vamos analisar tudo isso:
Ora se você fez o santo para Oxum a 4 anos, na feitura Oxum respondeu com certeza, durante estes 4 anos Oxum continuou a responder e ai de uma hora para outra você decide ir em um outro local, jogar com uma outra pessoa e que te diz que seu santo esta errado.
Vamos dar um credito a esta loucura, vamos acreditar então que está errado realmente, e ai me surgem algumas perguntas:

1. Se o santo esta errado, quem respondeu na hora de sua feitura, Oxum ou Oyá?
2. Durante todos estes anos você vem cultuando Oxum pra nada, e o pior, Oyá que seria então a verdadeira dona do Ori só ficou ali , olhando.
3. Será que Dona Oxum permitiria então uma feitura de uma filha que não é dela?
4. E Oyá, permitiria que sua filha fosse feita para outro orixá?
E se caso não tivesse sido o orixá a responder durante estes anos, um belo de um fingimento rolou ai né?
Sem contar o fato de ter ido atrás de outro babalorisá para confirmar oque estava sendo feito a 4 anos.
Se o orixá está errado ele não responderia, se responde é por que esta certo.
Pode haver ai alguma situação falta de conhecimento para o culto, podemos imaginar uma serie de fatores, agora se concluirmos que é mesmo o santo errado ai podemos concluir que teve o EKE.
A partir do momento que o filho de santo passa a desconfiar dos preceitos de sua casa, passa a desconfiar de seu Pai ou Mãe de santo, gente pega as suas coisinhas faça sua mala e vá embora.
Afinal queremos todos acreditar que o sacerdote ali representado pela Mãe ou pai de santo só realiza realmente os preceito a qual são conhecedores.
Se não concordo com a maneira que é conduzido tal preceito, se não concordo com a maneira que a casa é regida , se começo a discordar das atitudes dos sacerdotes supremos daquela casa, isso indica que devo me retirar.
Vou procurar algo melhor. É bem melhor do que ficar me desgastando com aquilo que não concordo.

Por. Adriano Figueiredo - Presidente da ACALUZ
Historiador da ACALUZ - Diego Bragança de Moura.
http://babalotegisun.blogspot.com.br/2015_11_01_archive.html
https://ocandomble.com/os-orixas/