segunda-feira, 31 de maio de 2010

Cantando para Bandeirantes

Família da Bandeira



O movimento dos bandeirantes, ou simplesmente bandeiras, foi um movimento iniciado em meados do século XVII. Os bandeirantes foram, praticamente, os desbravadores do Brasil. Bartolomeu Bueno da Silva, Antônio Raposo Tavares, Manuel de Borba Gato e Fernão Dias Pais são alguns dos mais famosos bandeirantes.

No início do movimento, os bandeirantes adentravam o país em busca de índios para serem escravizados. Depois que a escravidão de índios deixou de ser usual, ele passaram a procurar no interior do país metais preciosos. Foi aí que o ouro foi descoberto em Cuiabá e também em Minas Gerais. Goiás também teve suas cidades mineradoras como a antiga Vila Boa – atual Cidade de Goiás – e Pirenópolis. Os bandeirantes também capturavam escravos fugitivos que se embrenhavam dentro de matas para formar quilombos. O Quilombo dos Palmares, por exemplo, foi destruído por um grupo de bandeirantes.


Durante suas aventuras no território brasileiro, os mantimentos dos bandeirantes muitas vezes acabavam. Assim, eles eram obrigados a montar acampamentos para plantar e fazer reposição do estoque de mantimentos. Esses acampamentos davam origem a pequenos arraiais. Os arraiais formados por causa da mineração, muitas vezes desapareciam junto com a prospecção ou então davam origem a municípios.

Os bandeirantes levavam arcabuzes, bacamartes, pistolas, chumbo e pólvora, machados, facas, foices e cordas para prender e conduzir os índios escravizados. Apesar de representados, em pinturas e esculturas, como homens bem vestidos, andavam descalços, usando grandes chapéus de abas largas e gibões de algodão acolchoados para se proteger das flechas. Caminhavam em fila indiana, uma influência indígena. Durante o tempo que passavam no sertão, o alimento básico era a "farinha de guerra", feita de mandioca cozida e compactada, além do que encontrassem na mata. Dependiam da caça, da pesca, das ervas e raízes, do mel silvestre e, quando adoeciam recorriam aos recursos da flora e da fauna utilizados na "medicina" indígena, conhecidos mais tarde, em toda a Colônia, como "remédios de paulistas".

"Com o tempo, passaram a plantar roças de subsistência ao longo dos caminhos percorridos, que eram colhidas na volta ou deixadas para outras bandeiras".

I.
Meu Pai ganhou bandeira
Na mata do Araçá
Chegou caboclo em terra
Chegou sem Caçará..
Caçará Caboclo
Pedra de Itacolomi
Salve o Rei da Bandeira
E a folha do Ariri…

II.
Eu sou aquele caboclo
Que já venci trincheira
Me Chamo Caçará
Filho do Rei da Bandeira
(Pontos enviados por Erickson Lima)
———-
III.
Olho d’água
Seu Olho d’água popocou na areia
Popocou na areia
Popocou na areia do mar.
O Seu navio encalhou na areia
O Seu navio afundiou no alto mar
———-
IV.
Areinha
Eu sou aquele caboclo
Nasci em um morro de areia (bis)
Me chamo Areinha
Filho do Rei da Bandeira

V.
Princesa Iracema
Ô Irá
Ô Iracema (bis)
Sou a cabocla guerreira
Sou a Cabocla Iracema (bis)
Senhora Dantã
Ô lá vem Dantã

VI.
Vestida da cor de pavão
Como ela vem tão bonita
Com a borboleta na mão.

———-
VI.
Caboclo Serraria
Terra de caboclo
É uma grande encantaria (bis)
Lá vem caboclo
Lá da Serraria (bis)

VII.
Princesa Iracema
Quem quizer viver sobre a terra
Quem quizer viver sobre o mar (bis)
Salve a Princesa Iracema
Salve a sereia do mar (bis)

———-
VIII.
Abitaquara
Abitaquara é guerreiro
Guerreiro que sabe guerrea
Ele é filho da Bandeira
Bandeira, bandeira imperial.
———-
IX.
Cabocla Ita
Ô Ita
Companheira Ita
Ô Ita
Vamos pelejar (bis)
No mar já não tem canoa
Passarinho avoa
Passo avuadoor (bis)
____-

X.
Eu vou fazer uma viagem
Uma viagem de vapor
Na Ilha dos Carangueijos
Cabocla Ita se encantou
Andei, andei minha senhora
E acá cheguei .
(Pontos enviados por Salomão)
______-
XI.
Caboclo do Munir
Eu sou caboclo que vem do Munir (bis)
Ôh caboclo é feio, anda sozinho. (bis)
______ -

XII.
Caboclinho
Numa raiz de coral
Foi aonde eu nasci (bis)
Sou eu Caboclinho sou eu
Da praia do Ariri. (bis)

_______-
XIII.
Cabocla Ita
Na minha adeia mora uma Cabocla
Todos dizem que é homem,
Mas ela é muher (bis)
Ela é a Cabocla Ita
Da pena cinzenta
Mora na aldeia de Tapindaré. (bis)
(Pontos enviados por Salomão)

Publicado por. Adriano Figueiredo Leite - Presidente da ACALUZ.
Pesquisado por. Diego Bragança de Moura - Historiador da ACALUZ
Fonte: www.multirio.rj.gov.br  

29 comentários:

  1. Gostaria de saber porque o Historiador da ACALUZ, Sr. Diego Bragança, não é seguidor do Blog, pois preciso tirar umas dúvidas e gostaria que fosse por e-mail, mas não consigo achar nada dele no Blog, a não ser uma foto no link de associados da ACALUZ. Obrigado pela atenção. pode enviar a resposta para meu e-mail. josevalente@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite, eu observei que o Historiador possui um link exclusivo dele, com todas as informações necessárias, é só vc clicar lá no link estudos e noticias.

      Excluir
  2. muito bom gostaria de saber mas sobre o caboclo habitaquara e suas doutrinas, me interessou bastante caboclo guerreiro.

    ResponderExcluir
  3. Boa Noite !
    Gostaria de informações sobre o irmão da Cabocla Ita , o caboclo Ita .

    grata,

    monicgaya@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.....

      Vc recebeu informacoes de ITA....

      Aguardo respostas juanocker@hotmail.com

      Excluir
  4. gostaria de saber mais sobe esta familia e em especia sobre Seu Beija-flor e se possível mais cantigas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Salve, grande guerreira, o Caboclo Beija - Flor – é um encantado extremamente alegre e apreciador de bebida. É também muito desenvolto no tambor – de – mina. Também se apresenta dentro da pajelança de Pena e Maracá onde é um grande curador. Participe de Nosso grupo de estudos da ACALUZ, é só chamar e teremos muito conhecimento para dividir com todos. 91-984408032.

      Excluir
    2. Bom dia! Fico muito feliz em ver o seu engajamento e felicidade em servir o irmão acima com a resposta á sua questão. se me permite, gostaria de saber mais informações sobre o Caboclo de bandeira " Ipixuna " e-mail: marcuscosta0903@hotmail.com

      Excluir
    3. Na porta da minha casa
      Tem uma roseira rodeada de flor
      Na porta da minha casa
      Tem uma roseira rodeada de flor

      Onde o passarinho
      Vai fazer seu ninho
      Onde mora Beija-flor
      Onde o passarinho
      Vai fazer seu ninho
      Onde mora Beija-flor

      Excluir
  5. Ola....
    Axe aos irmaos....

    Gostaria de receber cantos imagens e historia de ita...

    Quero mater contatos com todos filhos irmais o simpatizantes da ITA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Salve, irmão de fé.
      Pelo visto vc recebe este encantado. A família de Bandeirantes assim como as outras possuem bastantes filhos e Agregados. Caboclo Ita – muito embora seja bandeirante, foi criado pelo Rei da Turquia. Desce muito mais na família da Turquia do que na Bandeira(em outros estados que não o Pará). Também navega com os marinheiros. Como conta a lenda, que quando muitos da família foram queimados, ele se afastou da mata e foi para o mar e por isso diz em suas cantigas que quer morar no mar. Mas ele, aqui no Pará é assentado também como Cablo vindo da Mata. Posso assim dizer que segundo meus conhecimento ITA é apenas um prefixo do nome verdeiro, e que cada um tem seu próprio nome. Ai precisaríamos saber qual Ita vc recebe. Eu recebo ITA - Jupinã(Itajupinã) e vem como Surrupira, Minha irmã de sangue e de nação Recebe Dona Ita - Piara(Itapiára). Meu Amigo recebe Ita - Perinã(Itaperinã)... E ainda tem: Itataquara, Itapena do Ar, Itaguacy, Itanambé, Itaculuçá. Se quiser pode participar de nosso grupo de Estudos no Zap. 91 - 984409032. É só chamar que te mando mais coisas, bem como os cantos. peço também que envie tudo o que vc sabe sobre estas entidade encantadas na ilha dos Caranguejos. Tomadoras de Marafo, e dançadoras de salão. Axé e Luz a vc.

      Excluir
  6. Oi, tudo bem? Irmão, gostaria muito de saber mais sobre a cabocla Itá taquara e suas doutrinas. Obrigada!"
    lydianebastos@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, sou filho de Cabloca Ita e quem quiser compartilhar inf ou falar com ela, chama aqui... 092 99476-5180.

    ResponderExcluir
  8. Boa Tarde irmãos. Também gostaria de saber mais sobre a cabocla Ita Taquara e suas doutrinas... se poderem postar aqui ficarei muito grata.

    ResponderExcluir
  9. Gostaria de saber mas sobre a cabocla ITA e mais pontos tbm

    ResponderExcluir
  10. Gostaria de saber mas sobre a cabocla ITA e mais pontos tbm

    ResponderExcluir
  11. Gostaria de participar do grupo de estudos se possível irmãos... Sou de Belém do Pará e trabalho dentro da Umbanda... Paz e luz a todos!

    ResponderExcluir
  12. gostaria de saber. mais sobre Areinha , muito raro eu encontra alguém que tenha ele

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde irmão... Você teria como disponibilizar pontos da Família da Bandeira, Família da Gama, Povo do Codó e Família de Leguá? Parabéns por sua excelente página e por compartilhar todo o seu conhecimento para com todos nós... cif.dirigente@hotmail.com esse é meu e-mail e se tiver algo para repassar eu agradeço sua atenção desde já... Paz e luz!

    ResponderExcluir
  14. Olá, gostaria de mais informações sobre o caboclo areinha, bem como seus pontos.de já agradeço.

    ResponderExcluir
  15. Oi.
    Gostaria de saber mais sobre a cabocla ita taquara.
    Mais doutrinas se possivel..

    ResponderExcluir
  16. Boa noite! Alguém tem informações da Cabocla Olho d’água? Eu só ouvi falar do caboclo mas conheci uma senhora que incorporava a Cabocla!

    ResponderExcluir
  17. Gostaria de saber mais sobre a Cabocla Ita
    Luhro17@outlook.com

    ResponderExcluir
  18. Olá bom dia!!!
    Eu gostaria de saber sobre caboclo da da serraria e os seus pontos

    ResponderExcluir
  19. Oi boa tarde!!! Eu gostaria de saber sobre o caboclo da serraria e as suas doutrinas.

    ResponderExcluir

Agradecemos participação em nosso Blogger, assim que possivel estaremos respondendo.