sábado, 12 de dezembro de 2009

O Poder das Plantas e Ervas

Sua Utilização em Banhos e Defumação

O Banho é a renovação do corpo e da alma, pois quando o corpo se sente bem e se acha refeito do cansaço, a alma fica também apta a vibrar harmoniosamente. Os antigos hebreus já usavam as abluções, que não deixavam de ser banhos sagrados. Moisés, o grande legislador hebreu, impôs o uso do banho em seus seguidores. O batismo nas águas ministrado por São João Batista, no Rio Jordão, era um banho sagrado, pois o batismo nas águas é o banho mais natural (e porque não o primeiro banho purificador dos homens nos dias de hoje, afinal, se batizam crianças ainda pequenas) que conhecemos, purificador do espírito, da mente e do corpo. Os banhos sempre foram um potente integrante do sentimento religioso, haja vista os povos da Índia milenar serem levados a banhar-se nas águas do rio sagrado, o Ganges, cumprindo assim parte de um ritual que, para eles, é indispensável e sagrado.

Em todo o mundo, desde as mais antigas civilizações, são utilizadas plantas, raizes, sementes e ervas das mais variadas, tanto em forma de defumação, como para banhos purificadores, protetores e de cura. Abaixo, algumas ervas, seus poderes e como são utilizadas na Umbanda, as fotos das ervas estão lincadas em seu respectivo nome, é só clicar e ver a foto.

1. Alfazema:
Planta de cheiro agradável e penetrante. Tem ligação com o sexo feminino e serve como purificadora, atrativa para os negócios e para o amor. Na Umbanda é ligada a Oxalá. A planta queimada sozinha limpa o ambiente e atrai prosperidade, bons negócios e pessoas amigas.

2. Alecrim:
É utilizada em ambientes comerciais em forma de defumação para limpar, descarregar e atrair clientes. Se aliada a alfazema, purificará o comércio e atrairá clientes diversos. Usado como banho, este deve ser tomado da cabeça para baixo como protetor e purificador.

3. Alfavaca:
Alguns a têm como erva de Exu, outros como de Oxalá. Independente do Orixá, é uma planta atrativa, pois, ao mesmo tempo em que limpa nossa aura, também atrai bons fluidos de saúde e prosperidade.

4. Arruda:
Quem ainda não houviu falar sobre o poder da arruda? Planta de aroma forte, é purificadora de primeira linha. Descarrega o ambiente onde for queimada e limpa a aura em forma de banho. Na umbanda é tida como erva de Oxóssi. Aliada a alfazema e alecrim, seu poder triplica, pois tira do ambiente onde for usada qualquer influência estranha ou negativa. Muito utilizada por mães de santo e pelas benzedeiras para cuidar de crianças e adultos. Se colocados alguns galhos em um ambiente, eles murcharão assim que alguma energia negativa entrar no mesmo.

5. Alho:
Além de ser conhecidos em todas as cozinhas do mundo, sua força mágica é poderosa. Afasta os visitantes noturnos do astral e, além de ser um antibiótico fisico, é também um antibiótico astral, limpando ambientes em forma de defumação, colocado sobre as soleiras das portas. Aliado com a palha da cebola, pó de café e cânfora é defumador que elimina as larvas do astral e as más influências de um ambiente.

6. Bambu:
As folhas de bambu usadas na forma  de maço, batidas pelas paredes, móveis e portas, limpam o ambiente das influências nocivas de desencarnados negativos e errantes. Queimando suas folhas podemos limpar o ambiente e, se juntarmos um pouco de pó de café, seu efeito se tornará mais possante.

7. Espada de São Jorge:
Dedicada ao Orixá Ogun, Exu e Yansã. É uma das plantas mais conhecidas dos brasileiros, juntamente com a arruda. Um vaso de espadas atrás da porta principal tem o poder de defender contra o mal. Duas espadas cruzadas e pregadas atrás da porta bloqueiam as pessoas de intenção duvidosa e as influências negativas. Em forma de banho purifica e protege e pode ser aliada ao Alecrim, Arruda, Alfazema e Guiné, tornando-se um banho muito conhecido na Umbanda e de forte poder.

8. Guiné:
Planta do orixá Ogun que possui um forte poder contra o mal. Limpa e purifica o pode ser em forma seca para defumação ou em forma de banho da cabeça aos pés, para energizar, dar forças nova e proteção.

9. Incenso:
Uma resina universalmente conhecida em todos os cultos. Pode ser usado sozinho em forma de defumação ou com outras ervas também. Seu efeito é potencializar e limpar um ambiente ou pessoa. Aliado as outras ervas  é um complemento que potencializa seus efeitos.

10. Mangueira:
Suas folhas são de Ogum e de Exu. Seu banho fortalece, purifica a aura e tira o mal olhado, abrindo os caminhos. Pode ser usada em conjunto com a Guiné e o Alecrim. Suas folhas podem ser usadas para "bater" nas paredes como o bambu, ou espalhadas pelo chão para retirar as más vibrações.

11. Manjericão:
Planta votiva do Orixá Oxalá. Seu uso é purificador e consagrador. Usado para atrair paz, alegria, felicidade e bons caminhos, apenas não deve ser usado em forma de banhos fervidos e sim macerado. Deve ser tomado da cabeça para baixo. Colocado em um vaso tem o mesmo efeito da arruda: se o ambiente carregar, murcham rapidamente.

12. Peregun:
Existe o Peregun roxo, que é de Iansã, e o verde, para inumeros Orixás. Seu uso pode ser em forma de banho para limpar a aura. Não deve ser fervido.

Por Adriano Figueiredo Leite - Presidente da ACALUZ.