sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Umbanda e as Cores


Este trabalho aborda sobre o uso das cores, suas propriedades e sua utilização na Umbanda e na Cromoterapia. Devido à extensão do assunto o texto será dividido em 9 partes da seguinte maneira:

As Cores e a Umbanda.

Chacra Raiz e Chacra Umbilical
Chacra do Plexo Solar e Chacra Cardíaco
Chacra Laríngeo e Chacra da Testa
Chacra Coronário e Propriedades Gerais da Cor.
Propriedades Físicas e Fisiológicas da Cor e Propriedades Físico-Químicas
As cores quentes do espectro
A cor mediana e as cores frias do espectro

Cores complementares


Horários de predominância da cor na incidência Solar,
Técnicas de utilização das cores,
Técnicas complementares ,
Bibliografia.

Sabemos que nós, os Umbandistas, lidamos com as cores de uma maneira toda especial, diferente de outras Religiões. As cores possuem uma importância muito grande nos nossos rituais.


Encontramos o uso das cores nas guias, nas roupas, nas velas e nas linhas de Umbanda.
Para cada uma das linhas existe uma cor correspondente:

Branca.................: Oxalá, Pretos-Velhos e almas.
Azul....................: Iemanjá
Marrom...............: Xangô
Verde..................: Oxossi
Amarela..............: Iansã
Vermelha............: Ogum
Rosa...................: Ibejis, crianças
Roxa...................: Nanã, Eguns
Branca e Preta......: Omulú, Pretos-Velhos
Preta e Vermelha.: Exús

Mas afinal , qual a importância das cores para o Homem?

Como as cores agem no organismo e no estado de espírito das pessoas?

Todos nós sabemos que desde que o homem surgiu na terra, os raios solares alimentaram-no e mantiveram-no aquecido e a cor da flora e da fauna foram relevantes para determinar o seu humor e temperamento.
A ciência que emprega as diferentes cores para alterar ou manter as vibrações do corpo na freqüência que resulta em saúde, bem estar e harmonia é denominada Cromoterapia ou Colorterapia.

Cromoterapia é a utilização da radiação cósmica (energia cósmica) - que se exterioriza pelo espectro solar nas diferentes cores que conhecemos, em função terapêutica de equilíbrio e saúde, em decorrência de sermos fruto também dessa mesma radiação tanto na nossa natureza físico-material quanto energética-sutil ou espiritual.

Pelo lado sutil, os chacras, que são rodas de luz e cor em movimento:
fazem a captação das energias superiores ou cósmicas e as transmutam numa forma utilizável pela estrutura humana; e assim nos sustentam energeticamente, aumentando e vitalizando a nossa força vital.

Por: Ricardo Silva

http://www.umbanda.byhost.com.br/boletim06.htm#As%20Cores%20e%20a%20Umbanda

Pesquisa: Diego Bragança de Moura, e Adriano Figueiredo.